segunda-feira, 01 de outubro de 2018 - 18:10
Faccat incentiva a solidariedade

As Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) são referências na região no Ensino Superior. Além da qualidade do processo de ensino-aprendizagem, a Faccat também se destaca pelo lado social. Visando formar cidadãos de bem e profissionais altamente competentes para atuar no mercado de trabalho de maneira justa, correta e com ética, a Faccat demonstra comprometimento com seus acadêmicos. A cada semestre, novas vagas surgem e o próximo Vestibular Solidário da Faccat será no dia 13 de novembro, a partir das 19h30min. Reforçando o espírito de solidariedade, a Faccat substituiu a taxa de inscrição em valores por seis litros de leite longa vida, que serão doados para entidades que distribuirão para pessoas carentes. Os alunos deverão entregá-los no dia da prova. “Nós estimulamos a solidariedade entre os acadêmicos. Estes litros de leite serão doados para quem precisa”, destaca o diretor-geral da Faccat. As inscrições seguem até o dia 11 de novembro. 

Durante o Conexão Faccat, que ocorreu nos dias 25 e 26 de setembro, centenas de estudantes já garantiram a inscrição para o vestibular de novembro. Os futuros acadêmicos optaram em tentar conquistar uma vaga na Faccat porque acreditam na qualidade do ensino e no aprendizado presencial. Na opinião da taquarense Elaine Cristina Kichler, 18 anos, que fez a inscrição para Pedagogia, a Faccat é exemplo de uma instituição séria e competente. “Faz toda a diferença cursar no presencial. Vou levar mais tempo para me formar, mas terei a garantia de uma graduação com muita qualidade no aprendizado”, salienta Cristina.

Já a estudante Gabriele Li, de Santo Antônio da Patrulha, comenta que a Faccat é um símbolo de reconhecimento profissional e de muita ética. “Me inscrevi para o curso de enfermagem. Adorei conhecer a Faccat. Acredito que o ensino presencial é muito melhor. Não tem como fazer o curso de enfermagem à distância. Estaremos lidando com vidas e a qualificação tem que ser excelente”, opina estudante Gabriele.

Nunca é tarde para estudar

Aos 51 anos, Paulo Marlon Reis Prates, de Araricá, é exemplo de que não há idade para recomeçar. Ele se inscreveu no curso de Letras e pretende, se passar no vestibular, aperfeiçoar a escrita. “Eu estou refazendo o Ensino Médio porque não consegui provar que já havia feito na época da minha juventude. Agora estou concluindo no Sesi de Parobé. Fiz a inscrição para o curso de Letras porque quero aperfeiçoar minha escrita. Me considero escritor e pesquisador da cultura gaúcha. Quero fazer o curso presencial porque é preciso ter o contato com o professor para aprender bem. É fundamental ter a presença do professor, da troca, dos colegas”, enfatiza.

A Faccat na visão de quem já se inscreveu para o vestibular

“O Conexão Faccat foi bem produtivo e muito legal. Deu para esclarecer sobre os cursos, mas eu ainda não defini qual carreira seguir, mas sei que quero fazer aqui na Faccat”, comenta Mithiele Souza, de 18 anos, Sapiranga.

“Analisei a qualidade do curso e gostei muito. Pretendo cursar Fisioterapia. Estou ansiosa pelo vestibular. Tenho amigos que estudam na Faccat e a faculdade foi muito bem recomendada. Estou feliz em poder retomar meus estudos”, destaca Maria Eduarda Pereira, 19 anos, Taquara.

“Não conhecia o campus e a visitação da equipe da Faccat foi o ponto de partida para o interesse em estudar na faculdade. Estou muito admirada com o campus. Não conhecia pessoalmente. Me inscrevi para fazer o curso de Pedagogia”, menciona Tassina Scherer, 17 anos, Rolante.

“Foi depois da visita do pessoal da Faccat na escola que decidi fazer Design. Adorei conhecer a Faccat”, salienta Graziele Silva,17 anos, Rolante.

“Não conhecia a Faccat e estou saindo daqui encantada. Escolhi fazer Matemática porque sempre me dei bem com os números”, revela Ana Cecília da Silva Souza, 17 anos, Parobé.

“Atualmente muitas pessoas procuram os serviços na área da saúde, então quero fazer enfermagem. Hoje em dia se precisa muito de enfermeiros. Eu não conhecia a Faccat e já garanti minha inscrição para o curso de Enfermagem”, conta Amanda Stein, 17 anos, Igrejinha.

“Quero retomar os estudos e agora decidi que quero ser psicóloga. Escolhi a Faccat porque sei da qualidade do ensino e no Conexão Faccat consegui esclarecer todas as minhas dúvidas sobre o curso de Psicologia. Adorei”, frisa Beatriz Silva, 20 anos, Taquara.





Aluna de Santo Antônio fazendo a inscrição
Nunca é tarde para recomeçar
Alunos realizando a inscrição no Conexão Faccat
Alunos realizando a inscrição no Conexão Faccat
Aluna de Santo Antônio fazendo a inscrição
Nunca é tarde para recomeçar
Alunos realizando a inscrição no Conexão Faccat
Alunos realizando a inscrição no Conexão Faccat