Fisioterapia
Apresentação
Características
Outras informações
Objetivos
Perfil do egresso
Matriz Curricular
Mercado de trabalho
Infraestrutura
Corpo Docente
Pesquisa
Monitores
Trabalhos acadêmicos
Atividades Complementares
Relatório anual de atividades
Página do Facebook
Coordenação e Contato

APRESENTAÇÃO

O Curso de Graduação em Fisioterapia das Faculdades Integradas de Taquara, em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Fisioterapia, Resolução CNE/CES Nº 4/2002, e do Parecer CNE/CES Nº 1.210/2001, está adequado às disposições e à carga horária estabelecida pela Resolução CNE/CES Nº 4/2009 e Parecer CNE/CES Nº 213/2008.

Atendendo a esta legislação, no que concerne à estruturação de novos Cursos de Fisioterapia, partiu-se, inicialmente, da concepção de Fisioterapia, Saúde e suas inter-relações, para melhor qualificar o profissional e torná-lo apto a atuar no modelo do Sistema de Saúde. Desta forma, se entende que este modelo visualiza o homem como um todo e a multipluralidade da determinação da doença, formando profissionais éticos, generalistas, humanistas, críticos e reflexivos, capazes de atuar em equipe multiprofissional, em todos os ciclos da vida, de forma coletiva e/ou individual, visando à integralidade em todos os níveis de atenção à saúde.

Deste modo, inicialmente o Curso de Fisioterapia das Faculdades Integradas de Taquara foi concebido através do raciocínio dos conteúdos curriculares que devem estar relacionados com todo o processo de saúde-doença do indivíduo, família e comunidade, integrando a realidade epidemiológica e profissional do fisioterapeuta. Assim, para instituir as disciplinas, os conteúdos curriculares contemplaram diferentes Núcleos de Conhecimento: Ciências Biológicas e da Saúde; Ciências Sociais e Humanas; Conhecimentos Biotecnológicos e Conhecimentos Fisioterapêuticos.

CARACTERÍSTICAS

O Curso de Graduação de Fisioterapia tem como característica formar profissionais para atuarem na promoção, na recuperação e na reabilitação da saúde, nas dimensões individuais e coletivas, formando profissionais generalistas, éticos, humanistas, críticos e reflexivos. Também formar fisioterapeutas capazes de atuar em equipe multiprofissional, em todos os ciclos da vida, visando à integralidade em todos os níveis de atenção à saúde.

Ao longo do curso o profissional egresso desenvolverá um perfil investigativo voltado à semiologia, que possibilitará aos profissionais fisioterapeutas a oportunidade de pensar e desenvolver uma linha de raciocínio clínica com intuito de tomada de decisões e ações profissionais planejadas e fundamentadas em seus conhecimentos científicos teórico/prático, permitindo o enfrentamento de questões operacionais e tecnicistas. 

OUTRAS INFORMAÇÕES

Carga Horária Total: 4000 horas

Tempo mínimo: 5 anos

Tempo máximo: 10 anos

Número de vagas: 100 vagas anuais

Turno de Funcionamento: noturno (com práticas, estágios curriculares e outras atividades curriculares diurnas, conforme atividades previstas no Projeto Pedagógico do Curso).

OBJETIVOS

Objetivo Geral

Formar fisioterapeutas para atuar na promoção, recuperação e reabilitação da saúde, nas dimensões individuais e coletivas e de acordo com a demanda nacional, regional e local. O profissional egresso terá que ter perfil investigativo voltado à semiologia, a habilidade e competência de agir com responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano.

Objetivos Específicos

Atuar de forma multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar em todos os níveis de atenção à saúde;

Compreender os equilíbrios/desequilíbrios, funções/disfunções e relações clínicas do movimento humano referentes a cada fase do ciclo de vida humana;

Ter um perfil investigativo voltado à semiologia, com intuito de trazer um diagnóstico cinético-funcional indicado para transcrever a promoção, prevenção e reabilitação fisioterapêutica adequada, tanto em nível individual quanto coletivo;

Identificar o melhor método avaliativo em diferentes níveis de atenção a saúde e diferentes fases do ciclo de vida humana;

Desenvolver o raciocínio clínico, determinar o diagnóstico cinético funcional e ser apto a elencar a melhor maneira de preservar, desenvolver e restaurar o indivíduo de forma autônoma e criativa;

Desenvolver um conhecimento substanciado em sua área de atuação, capaz de gerar subsídios para comunicação, principalmente no âmbito de equipe multiprofissional;

Assumir posições de liderança e gerenciamento de ações de forma efetiva e eficaz.

PERFIL DO EGRESSO

Atualmente, a aproximação dos Ministérios da Saúde e da Educação estimula a formação de profissional capaz de transitar em qualquer sistema de saúde, desempenhando plenamente suas funções e prestando um serviço de qualidade à sociedade.

Atendendo à legislação, no que diz respeito à estruturação de Cursos de Fisioterapia, o Curso de Graduação em Fisioterapia das Faculdades Integradas de Taquara inicia sua concepção na Fisioterapia, Saúde e Integralidade. O intuito é qualificar o profissional e torná-lo apto a atuar no modelo do Sistema de Saúde, que entende o ser humano como um todo, formando profissionais generalistas, éticos, humanistas, críticos e reflexivos, capazes de atuar em equipe multiprofissional, em todos os ciclos da vida, visando à integralidade em todos os níveis de atenção à saúde.

Deste modo, o fisioterapeuta egresso das Faculdades Integradas de Taquara receberá formação para atuar na promoção, recuperação e reabilitação da saúde, nas dimensões individuais e coletivas e de acordo com a demanda nacional, regional e local. Em concordância, o profissional egresso terá que ter a habilidade e competência de identificar a abrangência biopsicosociocultural dos seus determinantes e agir com responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano. Sendo assim, o perfil do egresso é pautado dentro de um conceito integral de saúde que implica o envolvimento acadêmico no contexto sociopolítico do indivíduo, agindo como um agente transformador da sociedade. Para se inserir nesta concepção, o fisioterapeuta deve atuar de forma multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar em todos os níveis de atenção à saúde, compreendendo os equilíbrios/desequilíbrios, funções/disfunções e relações clínicas do movimento humano referentes a cada fase do ciclo de vida humana.

Para abranger esta concepção o egresso terá um perfil investigativo voltado à semiologia, com intuito de trazer um diagnóstico cinético-funcional indicado para transcrever a promoção, prevenção e reabilitação fisioterapêutica adequada, tanto em nível individual quanto coletivo. A ação investigativa voltada à semiologia dará aos profissionais fisioterapeutas a oportunidade de pensar e desenvolver uma linha de raciocínio clínica com intuito de tomada de decisões e ações profissionais baseadas em algo planejado e fundamentado em seus conhecimentos científicos teórico/prático, permitindo o enfrentamento de questões operacionais e tecnicistas. A aprendizagem semiológica permitirá que o egresso identifique o melhor método avaliativo em diferentes níveis de atenção a saúde e diferentes fases do ciclo de vida humana, bem como desenvolver o raciocínio clínico, determinar o diagnóstico cinético funcional e ser apto a elencar a melhor maneira de preservar, desenvolver e restaurar o indivíduo de forma autônoma e criativa.

Além disso, a ação investigativa proporciona ao profissional desenvolver um conhecimento substanciado em sua área de atuação, capaz de gerar subsídios para comunicação, principalmente no âmbito de equipe multiprofissional, assumir posições de liderança e gerenciamento de ações de forma efetiva e eficaz. Em consequência, os profissionais de saúde estarão em constante prática da educação permanente, sendo capazes de aprender a aprender e permitir o seguimento para atender às contínuas e crescentes demandas inerentes à atuação do fisioterapeuta, agregada ao processo crítico, criativo e participativo. Salientamos que o egresso em sua ação investigativa deverá sempre levar em consideração as repercussões das alterações orgânicas e suas reverberações biopsicossocioculturais.

MATRIZ CURRICULAR

MERCADO DE TRABALHO

O mercado de trabalho na área da fisioterapia é amplo, com varias possibilidades de inserção profissional.

O Fisioterapeuta pode atuar em hospitais, clínicas especializadas, perícias jurídicas trabalhistas, empresas, instituições de longa permanência para idosos , clubes esportivos, unidades de saúde (postos de saúde, UBS, CAPS, APAE), além da possibilidade da realização de concursos públicos.

Suas especialidades são:

Acupuntura;

Fisioterapia Dermatofuncional;

Fisioterapia Esportiva;

Fisioterapia do Trabalho;

Fisioterapia Neurofuncional;

Fisioterapia Oncofuncional;

Fisioterapia em Saúde Coletiva;

Fisioterapia Respiratória;

Fisioterapia Traumato Ortopédica, Osteopatia e Quiropraxia;

Saúde da Mulher;

Fisioterapia em Terapia Intensiva;

Fisioterapia em Gerontologia.

INFRAESTRUTURA

Além da infraestrutura de uso comum da Faccat, como Biblioteca e Laboratório de Informática, o Curso de Fisioterapia dispõe de laboratórios especializados para o desenvolvimento de atividades práticas, que complementam a teoria desenvolvida em sala de aula e preparam para o dia-a-dia do mercado.

Saiba mais sobre os laboratórios do curso:

MONITORES


Monitores 2018


Monitores 2017

   

 

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

 

FACEBOOK

COORDENAÇÃO E CONTATO

 

Profª. Ana Melissa Rodrigues Mallmann

anamallmann@faccat.br

fisioterapia@faccat.br

(51) 3541.6600 - ramal 602