Fisioterapia
Apresentação
Características
Outras informações
Objetivos
Perfil do egresso
Matriz Curricular
Mercado de trabalho
Infraestrutura
Corpo Docente
Pesquisa
Monitores
Trabalhos acadêmicos
Atividades Complementares
Relatório anual de atividades
Redes Sociais
Coordenação e Contato

APRESENTAÇÃO

O Curso de Graduação em Fisioterapia das Faculdades Integradas de Taquara, em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Fisioterapia, Resolução CNE/CES Nº 4/2002, e com o Parecer CNE/CES Nº 1.210/2001, está adequado às disposições e à carga horária estabelecidas pela Resolução CNE/CES Nº 4/2009 e pelo Parecer CNE/CES Nº 213/2008.

Atendendo a essa legislação, no que concerne à estruturação de novos cursos de Fisioterapia, parte, inicialmente, da concepção de Fisioterapia, Saúde e suas inter-relações, para melhor qualificar o profissional e torná-lo apto a atuar conforme o modelo do Sistema de Saúde. Dessa forma, entende-se que esse modelo visualiza não só o homem como um todo mas também a multipluralidade da determinação da doença, formando profissionais éticos, generalistas, humanistas, críticos e reflexivos, capazes de atuar em equipe multiprofissional, em todos os ciclos da vida, de forma coletiva e/ou individual, visando à integralidade em todos os níveis de atenção à saúde.

Em vista disso, a concepção do Curso de Fisioterapia das Faculdades Integradas de Taquara partiu do raciocínio que os conteúdos curriculares devem estar relacionados com todo o processo de saúde-doença do indivíduo, da família e da comunidade, integrando a realidade epidemiológica e a profissional do fisioterapeuta. Assim, para instituir as disciplinas, esses conteúdos contemplaram diferentes núcleos de conhecimento: Ciências Biológicas e da Saúde; Ciências Sociais e Humanas; Conhecimentos Biotecnológicos e Conhecimentos Fisioterapêuticos.

CARACTERÍSTICAS

O Curso de Graduação de Fisioterapia tem como objetivo formar profissionais para atuarem na promoção, na recuperação e na reabilitação da saúde, nas dimensões individuais e coletivas, formando profissionais generalistas, éticos, humanistas, críticos e reflexivos. Propõe-se também formar fisioterapeutas capazes de atuar em equipe multiprofissional, em todos os ciclos da vida, visando à integralidade em todos os níveis de atenção à saúde.

Ao longo do curso, o profissional egresso será estimulado a desenvolver um perfil investigativo, voltado à semiologia, o que lhe possibilitará pensar e desenvolver uma linha de raciocínio clínica, com o intuito de tomar decisões e ações profissionais planejadas e fundamentadas em seus conhecimentos científicos teóricos/práticos, permitindo o enfrentamento de questões operacionais e tecnicistas.

OUTRAS INFORMAÇÕES

Carga Horária Total: 4000 horas

Tempo mínimo: 5 anos

Tempo máximo: 10 anos

Número de vagas: 100 vagas anuais

Turno de Funcionamento: noturno (com práticas, estágios curriculares e outras atividades curriculares diurnas, conforme atividades previstas no Projeto Pedagógico do Curso).

OBJETIVOS

Objetivo Geral

Formar fisioterapeutas para atuarem na promoção, recuperação e reabilitação da saúde, nas dimensões individuais e coletivas e de acordo com as demandas nacional, regional e local. Será exigido do profissional egresso um perfil investigativo voltado à semiologia; habilidade e competência, agindo com responsabilidade social; e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano.

Objetivos Específicos

  Atuar de forma multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar em todos os níveis de atenção à saúde;

  Compreender os equilíbrios/desequilíbrios, funções/disfunções e relações clínicas do movimento humano referentes a cada fase do ciclo de vida humana;

Ter um perfil investigativo, voltado à semiologia, com intuito de trazer um diagnóstico cinético-funcional indicado, para transcrever a promoção, a prevenção e a reabilitação fisioterapêutica adequada, tanto em nível individual quanto coletivo;

  Identificar o melhor método avaliativo em diferentes níveis de atenção à saúde e às diferentes fases do ciclo de vida humana;

Desenvolver o raciocínio clínico, determinar o diagnóstico cinético-funcional e estar apto a elencar a melhor maneira de preservar, desenvolver e recuperar o indivíduo de forma autônoma e criativa;

Desenvolver um conhecimento substanciado em sua área de atuação, capaz de gerar subsídios para comunicação, principalmente no âmbito de equipe multiprofissional;

Assumir posições de liderança e gerenciamento de ações de forma efetiva e eficaz.

PERFIL DO EGRESSO

Atualmente, a aproximação dos Ministérios da Saúde e da Educação estimula a formação de profissionais capazes de transitar em qualquer sistema de saúde, desempenhando plenamente suas funções e prestando um serviço de qualidade à sociedade.

Atendendo à legislação no que diz respeito à estruturação de Cursos de Fisioterapia, o Curso de Graduação em Fisioterapia das Faculdades Integradas de Taquara dá início às suas atividades estruturado nas concepções de Fisioterapia, Saúde e Integralidade. O intuito é qualificar o profissional e torná-lo apto a atuar no modelo do Sistema de Saúde, que entende o ser humano como um todo. A formação prevê profissionais generalistas, éticos, humanistas, críticos e reflexivos, capazes de atuar em equipe multiprofissional, em todos os ciclos da vida, visando à integralidade em todos os níveis de atenção à saúde.

Desse modo, o fisioterapeuta egresso das Faculdades Integradas de Taquara receberá formação para atuar na promoção, recuperação e reabilitação da saúde, nas dimensões individuais e coletivas e de acordo com as demandas nacional, regional e local. Em concordância com esses objetivos, o profissional egresso terá que ter habilidade e competência para identificar a abrangência biopsicosociocultural dos seus determinantes e agir com responsabilidade social e compromisso com a cidadania, promovendo a saúde integral do ser humano. Sendo assim, o perfil do egresso está pautado num conceito integral de saúde, que implica o envolvimento acadêmico no contexto sociopolítico do indivíduo, agindo como um agente transformador da sociedade. Para se inserir nessa concepção, o fisioterapeuta egresso desta instituição deverá atuar de forma multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar em todos os níveis de atenção à saúde, compreendendo os equilíbrios/desequilíbrios, funções/disfunções e relações clínicas do movimento humano referentes a cada fase do ciclo de vida humana.

Para abranger essa concepção, o egresso deverá mostrar um perfil investigativo, voltado à semiologia, com intuito de trazer um diagnóstico cinético-funcional indicado para transcrever a promoção, a prevenção e a reabilitação fisioterapêutica adequada, tanto em nível individual quanto coletivo. A ação investigativa voltada à semiologia dará aos profissionais fisioterapeutas a oportunidade de pensar e desenvolver uma linha de raciocínio clínica, no intuito de tomar decisões e ações profissionais baseadas em algo planejado e fundamentado em seus conhecimentos científicos teóricos/práticos, permitindo o enfrentamento de questões operacionais e tecnicistas. A aprendizagem semiológica permitirá que o egresso identifique o melhor método avaliativo em diferentes níveis de atenção à saúde e diferentes fases do ciclo de vida humana, bem como desenvolva o raciocínio clínico, determine o diagnóstico cinético- funcional e esteja apto a elencar a melhor maneira de preservar, desenvolver e recuperar o indivíduo de forma autônoma e criativa.

Além disso, a ação investigativa proporciona ao profissional o desenvolvimento de um conhecimento substanciado em sua área de atuação, capaz de gerar subsídios para comunicação, principalmente no âmbito de equipe multiprofissional. Essa capacidade também o torna apto a assumir posições de liderança e gerenciamento de ações de forma efetiva e eficaz. Em consequência, os profissionais de saúde estarão em constante prática da educação permanente, sendo capazes de aprender a aprender e permitir o seguimento, para atender às contínuas e crescentes demandas inerentes à atuação do fisioterapeuta, agregada ao processo crítico, criativo e participativo. Salientamos que o egresso, em sua ação investigativa, deverá sempre levar em consideração as repercussões das alterações orgânicas e suas reverberações biopsicossocioculturais.

MATRIZ CURRICULAR

MERCADO DE TRABALHO

O mercado de trabalho na área da fisioterapia é amplo, com varias possibilidades de inserção profissional.

O Fisioterapeuta pode atuar em hospitais, clínicas especializadas, perícias jurídicas trabalhistas, empresas, instituições de longa permanência para idosos , clubes esportivos, unidades de saúde (postos de saúde, UBS, CAPS, APAE), além da possibilidade da realização de concursos públicos.

Suas especialidades são:

Acupuntura;

Fisioterapia Dermatofuncional;

Fisioterapia Esportiva;

Fisioterapia do Trabalho;

Fisioterapia Neurofuncional;

Fisioterapia Oncofuncional;

Fisioterapia em Saúde Coletiva;

Fisioterapia Respiratória;

Fisioterapia Traumato Ortopédica, Osteopatia e Quiropraxia;

Saúde da Mulher;

Fisioterapia em Terapia Intensiva;

Fisioterapia em Gerontologia.

INFRAESTRUTURA

Além da infraestrutura de uso comum da Faccat, como Biblioteca e Laboratório de Informática, o Curso de Fisioterapia dispõe de laboratórios especializados para o desenvolvimento de atividades práticas, que complementam a teoria desenvolvida em sala de aula e preparam para o dia-a-dia do mercado.

Saiba mais sobre os laboratórios do curso:

MONITORES


Monitores 2020

 

Monitores 2019

 

Monitores 2018


Monitores 2017

   

 

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

 

COORDENAÇÃO E CONTATO

 

Profª. Ana Melissa Rodrigues Mallmann

anamallmann@faccat.br

fisioterapia@faccat.br

(51) 3541.6600 - ramal 602