Horizontes - Informativo
Editorial
Novembro/2021 - Nº 83
Dezembro/2020 - Nº 82
Novembro/2019 - Nº 81
Agosto/2019 - Nº 80
Maio/2019 - Nº 79
Novembro/2018 - Nº 78
Agosto/2018 - Nº 77
Maio/2018 - Nº 76
Novembro/2017 - Nº 75
Agosto/2017 - Nº 74
Maio/2017 - N° 73
Novembro/2016 - Nº 72
Agosto/2016 - Nº 71
Maio/2016 - Nº 70
Novembro/2015 - Nº 69
Agosto/2015 - Nº 68
Maio/2015 - Nº 67
Novembro/2014 - Nº 66
Agosto/2014 - Nº 65
Maio/2014 - Nº 64
Novembro/2013 - Nº 63
Agosto/2013 - Nº 62
Maio/2013 - Nº 61
Novembro/2012 - N° 60
Setembro/2012 - Nº 59
Maio/2012 - Nº 58
Novembro/2011 - Nº 57
Setembro/2011 - Nº 56
Maio/2011 - Nº 55
Novembro/2010 - Nº 54
Setembro/2010 - Nº 53
Maio/2010 - Nº 52
Novembro/2009 - Nº 51
Setembro/2009 - Nº 50
Maio/2009 - Nº 49
Novembro/2008 - Nº 48
Setembro/2008 - Nº 47
Maio/2008 - Nº 46
Novembro/2007 - Nº 45
Setembro/2007 - Nº 44
Maio/2007 - Nº 43
Novembro/2006 - Nº 42
Setembro/2006 - Nº 41
Maio/2006 - Nº 40
Novembro/2005 - Nº 39
Setembro/2005 - Nº 38
Maio/2005 - Nº 37
Novembro/2004 - Nº 36
Setembro/2004 - Nº 35
Maio/2004 - Nº 34
Dezembro/2003 - Nº 33
Setembro/2003 - Nº 32
Maio/2003 - Nº 31
Dezembro/2002 - Nº 30
Setembro/2002 - Nº 29
Maio/2002 - Nº 28
Dezembro/2001 - Nº 27
Setembro/2001 - Nº 26
Maio/2001 - Nº 25
Dezembro/2000 - Nº 24
Setembro/2000 - Nº 23
Maio/2000 - Nº 22
Dezembro/1999 - Nº 21
Setembro/1999 - Nº 20
Maio/1999 - Nº 19
Dezembro/1998 - Nº 18
Agosto/1998 - Nº 17
Maio/1998 - Nº 16
Novembro/1997 - Nº 15
Agosto/1997 - Nº 14
Março/1997 - Nº 13
Outubro/1996 - Nº 12
Junho/1996 - Nº 11
Novembro/1995 - Nº 10
Julho/1995 - Nº 9
Maio/1995 - Nº 8
Dezembro/1994 - Nº 7
Outubro/1994 - Nº 6
Agosto/1994 - Nº 5
Junho/1994 - Nº 4
Dezembro/1993 - Nº 3
Agosto/1993 - Nº 2
Maio/1993 - Nº 1
Editorial

 

Delmar Henrique Backes
Diretor das Faculdades de Taquara

O Ensino Superior está deparando com uma sociedade em permanente mudança. Essa intensificação de ritmo provoca desatualização crescente. É importante que a Escola de 3º Grau se atualize, e mais, torne-se partícipe da sociedade em mudança e assuma a parcela de responsabilidade que lhe cabe, nas áreas econômicas, social, política, educacional e cultural.

É indispensável fazer, construir, desenvolver. Todos temos um intransferível papel a desempenhar no momento histórico atual, em que a economia e a educação enfrentam fortes desafios. A teoria econômica moderna destaca o impacto da educação sobre o desenvolvimento e demonstra a existência de uma interrelação causal e recíproca entre as duas variáveis. Mesclam-se os propósitos de promoção do homem e promoção do desenvolvimento.

Nós, Faculdades de Taquara, ligados de forma muito especial ao Vale do Paranhana e região das Hortênsias, preocupamo-nos permanentemente com o caráter comunitário que devemos assumir. Somos conscientes da importância e responsabilidade que temos. Ajudar a promover o desenvolvimento, no seu sentido mais amplo e profundo, é o nosso dever. Nunca fecharmos-nos, como Instituição, dentro dos nossos próprios muros. Abrir novos horizontes, na convivência com todos os segmentos da sociedade, nos dá sentido. O Informativo que está em suas mãos também é uma forma de convivência. Cada edição mostrará um pouco do que temos, somos e queremos.